A NEUROSE DO FELIZ ANO NOVO!


Ainda em tempo, quero falar de uma "doença" que se espalha afetando de forma destruidora a cabecinha dos humanos (incluindo os crentes-hehe): a neurose do Ano Novo!

É comum ver muitos cristãos (jovens e adultos) sofrerem uma espécie de crise de ansiedade nessa época.

Nesse final de ano uma moça muito abençoada e inteligente, veio falar comigo sobre a angústia que estava tirando sua alegria à medida que o dia 31 de dezembro se aproximava.

Ao ouví-la, fui sedimentando o emaranhado de sentimentos que relatava, e o diagnóstico foi relativamente rápido: a neurose da insegurança em torno do Ano Novo.

A sensação que ela tinha, era como de alguém que fosse passar num portal do tempo, com uma expectativa altíssima de ver o que está do outro lado, contudo com um terrível medo de não encontrar nada daquilo que esperava:

*um ano completamente novo*

* feliz e melhor que o ano passado*

*ano onde as lutas de 2013 seriam interrompidas*

*uma vida diferente após a virada do ano*



"Feliz Ano Novo!", é o que todos dizem sempre, abraçando-se e reforçando que todos os sonhos se realizarão no ano que nasce, muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender, blá, blá, blá...

A sensação é poderosa: a grande celebração a um novo ciclo de vida que começa!

Mas, espere aí. Que ciclo? Que começo?

Isso tudo é bonito sim, encorajador também, mas tão falso quanto um Channel 5 vendido na Praça da Sé.

Me diga que raio de coisa sobrenatural acontece quando o relógio avisa que é meia-noite?

Qual a magia do entre 31/12 e 01/01?
 

Onde está o da virada do ano???

Você pode até desdenhar dessa ilusão usando sua racionalidade, mas é comprovado cientificamente que o sentimento de expectativa é UNIVERSAL nessa época do ano (Revista Superinteressante-edição 274).


Espia só a mistureba de influências que acabaram nos contaminando:

1)Os ciclos das colheitas eram aguardados e comemorados 1 vez por ano em diversas civilizações. Assim, o evento foi "divinizado" pelo homem e impresso na cultura humana como idéia de que a própria vida se renovava a cada ano.

2)No Japão há uma faxina especial nas casas, empresas e Templos (oosouji) significando que estão "jogando fora" qualquer impureza que possa trazer má sorte para o próximo ano. Faz-se vigília nos Templos budistas (isso te lembra alguma coisa?) para purificação dos 108 pecados do homem segundo o budismo (joya no Kane) e para fazerem orações por saúde e felicidade.

3)Na Índia, objetos que representem impurezas ou doenças, são atirados em fogueiras para que o próximo ano seja feliz.

4)Em algumas regiões da França, o dia 31 é chamado "Dia de São Silvestre", onde são feitos rituais para um ano de poder, amor, sorte, dinheiro e felicidade.

5)Em Puerta do Sol, Madri, há um enorme relógio. Os espanhóis vão até lá levando um saquinho com 12 uvas. À meia-noite, eles comem uma uva cada vez que o sino do relógio soa e fazem um pedido para cada mês do ano. A coisa é levada tão à sério que, quem não vai ao local, faz o ritual pela TV.

6)Na Áustria, usa-se derramar chumbo derretido numa vasilha com água assim que o relógio marca meia-noite. Pedidos são feitos enquanto o chumbo endurece na água fria. Depois os pedaços são retirados e guardados como garantia da realização dos pedidos.

7)Brasil: pular 7 ondas, vestir branco, comer lentilha, jogar flores no mar.


Esses exemplos interessantes são amostras do quanto a humanidade despeja suas expectativas na virada do ano, do quanto o emocional foi trabalhado para acreditar que algo tremendo vai acontecer dali em diante .

Ter esperança é uma coisa
, fé faz parte da nossa vida, mas compartilhar desse inconsciente coletivo de ansiedade será uma escolha sua à partir de agora.

A crentaiada participa,
sem saber, dos rituais dentro da alma, mesmo sem fazer nada efetivamente parecido com as coisas desse mundo.

Fazemos vigílias, orações à meia-noite, profetizamos a restauração dos sonhos, declaramos, determinamos, estabelecemos e decidimos.

Esse ano a Bíblia toda será lida,

Esse ano o marido se converte,

Agora a reforma da casa acontece,

Olha o carro zero aí gente...


Eis então o equilíbrio em risco, a mistura, a espiritualização do nada!

Queridos, nossa jornada não é feita de ciclos,
o dia 01 de Janeiro é um dia depois do dia 31 de Dezembro...só isso!

A vida continua, os nossos propósitos em Deus podem e devem ser feitos no momento em que o Espírito Santo inspirar e conduzir.


Descanse, continue fazendo o que está fazendo, se o que está fazendo estiver caminhando (entendeu a bagunça, né?).


Busque mudança se for necessário, mas sem um stress doentio que dita que "tem que acontecer algo novo desse momento em diante".



Hebreus 13:20

"Que o Deus de paz, que trouxe dentre os mortos a Jesus, o Senhor, o grande Pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança, vos aperfeiçoe em todo o bem, para cumprirdes a Sua vontade, operando em vós o que é agradável diante Dele, por Cristo, a quem seja a glória para todo sempre. Amém!"


Fonte: Blog da Pastoragente

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados comentários ofensivos nesta página.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

+ Vistos da Semana