O Perdão de Deus posto em xeque.

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. (1 João 1:9)


Você já se perguntou porque as pessoas duvidam do perdão de Deus, perdão resultado do arrependimento sincero dos seus pecados confessados?

Não se iluda, o inimigo joga na cara todos os seu pecados. Ele trabalha para roubar, matar e destruir a criação de Deus.

Você é obra da criação de Deus e o inimigo faz cobrança de todos os seus pecados para proporcionar confusão. 

Confusão é com ele mesmo, confusão é para gerar dúvidas. 

Um cristão que já confessou seu pecado e que duvida do perdão de Deus, é um cristão atormentado, que não tem paz, que não vive na plenitude da Graça de Deus, pois dá ouvidos para quem inferniza. 

Quando há duvida do que pecado confessado chorado e arrependido, é porque está se ouvindo acusações. 

Primeiro ele faz confusão na sua mente para gerar dúvidas, gerando dúvidas você vai desacreditar até no que fez e em Deus. 

Lembre-se: "Sem fé é impossível agradar a Deus." Hebreus 11:6

Existe na psicologia um pensamento sobre a culpa falsa e a culpa verdadeira. Aplicando esses pensamentos para o cristianismo, a culpa verdadeira é aquela que a pessoa faz de conta que confessou, ela sente remorso que é diferente do arrependimento. A culpa é verdadeira porque o pecado não foi verdadeiramente confessado e perdoado. Ela acha que tá perdoada e não tá, pode se sentir culpada, sua culpa é verdadeira.

A culpa falsa é aquela que o arrependimento é verdadeiro, há convicção que o sangue de Jesus  purificou de todo o pecado, a pessoa crê na sua liberdade, pois o perdão liberta de toda escravidão do pecado. Mas uma hora ela vai duvidar do perdão, pode se sentir culpada, sua culpa é falsa.

Seu perdão será  "posto em xeque", a dúvida aparecerá na sua mente ou na boca de pessoas acusadoras ( e até mesmo cristãs), elas não acreditarão em você e vão falar mal de você para as outras pessoas, para outros não acreditarem em você.

São pessoas arrogantes que juram que não tem pecado nenhum, mas estas também precisam confessar seus pecados e ver que estão sendo boca e instrumento de satanás. 

Jesus pagou um preço muito caro para você duvidar que naquela cruz não há direito ao perdão. 

Quando for ao encontro de Jesus em oração, se arrependa e aquele pecado confessado, não se permita lembrar mais. Dê ouvidos somente ao seu Deus, viva como uma pessoa justificada em Cristo,  e  não como um condenado! Jesus salva do poder do pecado, das cadeias infernais da alma.

Lembre-se de quantas vezes Jesus disse aos pecadores: "Vá e não peques mais!"

Seja livre da acusação alheia e busque viver em santificação, busque não pecar mais.

"Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo.
Sabemos que o conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos. Aquele que diz: "Eu o conheço", mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele.
Mas, se alguém obedece à sua palavra, nele verdadeiramente o amor de Deus está aperfeiçoado. Desta forma sabemos que estamos nele: aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou." 
1 João 2:1-6


Onde está o seu pecado perdoado? A bíblia diz que está no mar do esquecimento : "Quem é comparável a ti, ó Deus, que perdoas o pecado e esqueces a transgressão do remanescente da sua herança? Tu que não permaneces irado para sempre, mas tens prazer em mostrar amor.
De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar." Miquéias 7:18-19


Seja livre em Cristo Jesus!


Carla Berigo
13.03.2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados comentários ofensivos nesta página.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

+ Vistos da Semana